Beleza Americana – Monologo Final

Se existe um filme que me tocou profundamente, este filme é Beleza Americana.

“… Deveria estar puto pelo que me fizeram,
Mas é dificil ter raiva tendo tanta beleza no mundo.
As vezes me parece vê-la toda ao mesmo tempo, e é demais.
E o meu coração incha como um balão prestes a arrebentar.
Até que resolvo me descontrair, e parar de tentar agarra-la.
E ai ela passa através de mim como chuva,
E não consigo sentir nada senão gratidão,
Por cada um dos momentos da minha estúpida vidinha.
É claro que não faz idéia de que estou falando.
Mas não se preocupem… Um Dia… Seberão.”

Este é o monólogo final de Lester Burnham, o protagonista da história. Esses dias eu estava andando pela rua com a Lórien, e comentei com ela sobre a beleza das flores de duas arvores, que juntas formavam um bonito contraste. Ela então olhou para mim e se lembrou de o quanto eu era frio a alguns anos atrás, e de como esse tipo de beleza não me inspirava, e automaticamente, eu me lembrei desse monólogo.

Mais informações sobre o filme vc pode conferir aqui.

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Trackback: Idéias para posts #2 de 27/01 a 27/02 | Um ano e um dia

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Selinho

%d blogueiros gostam disto: