Diário de uma artesã sem inspiração (longo)

Acordo. Tomo café enquanto navego na internet; vejo e-mails, facebook. Baixo os freebies do Designer Darling e voto. Vou ver como estão as coisas nos sites de scrap, e pareço finalmente inspirada para fazer um certo layout. Oba! Parece que o dia vai ir bem, e o bloqueio criativo passou!

Abro o Picasa. Procuro por uma eternidade uma foto que combinaria com o layout que queria fazer. A primeira opção eu não acho, para o segundo tema acho uma foto bacana, e decido por ela. Abro todos os papéis do kit que eu ia usar no Photoshop e vou olhando bem prá eles (é um kit com muitas texturas, não dá prá ir só pelo thumbnail) e fecho os que eu com certeza não vou usar para esse layout. Pego um que quero usar como pano de fundo, volto para a foto.

Vou fazer os ajustes de foto antes de colocâ-la no layout, e, adivinhem? Os ajustes, ao invés de ajudar, mostram que a foto está péssima. Tem sombra no primeiro plano, luz no plano de fundo e no “plano intermediário” e a figura do plano intermediário é complementar à do primeiro plano. Nenhum truquei simples que eu conheça funciona. Antes de usar polygonal lhaso para separar a parte da imagem que está com sombra e ajustar só ela, tento buscar na internet como fazer.

Com essa pesquisa aprendi umas coisas novas, mas todas elas deixam a foto com um ar extremamente artificial. Ela fica parecendo aquelas montagens prá aniversário de criança na qual você recorta a foto da criança e coloca num cenário do desenho animado que é o tema da festa, sabe? O layout vai perder todo o sentido se a foto ficar com essa cara de fake. Então, abro mão da preguiça e seleciono a parte que precisa de ajustes com polygonal lhaso.

O que acontece é que a foto continua parecendo muito artificial. Refletindo agora, acho que é por causa do jeito que a luz incidiu no segundo plano. Prá vocês entenderem o drama, acho que vou ter de dar nomes aos bois: A foto mostra essa Lozinha que vos fala com cenário de jardim atrás. Só que ela é da época em que minha “fase loira” ainda não tinha passado totalmente, então os meus típicos cabelinhos fininhos que ficam voando estão, na foto, loirinhos, enquanto a massa de cabelo está preta já. Por causa da posição do vento e da luz os cabelinhos dourados, assim como o fundo, estão perfeitamente iluminados. O resto da Lozinha não.

Depois de muitas tentativas, eu desisto. Dou “rage quit” no photoshop, dou uma olhada no computador, penso “e agora, o que eu vou fazer”? Me sinto desanimada, decido que preciso deixar o computador um pouco prá lá. Vou lavar roupa acumulada à mão. Desligo o computador. Rezo no altar pedindo inspiração.

Vou pro cesto de roupa suja, pegar roupas que só possam ser lavadas à mão, e descubro que tem roupas para serem lavadas à máquina se escondendo no meio da “camada” de roupas a serem lavadas à mão. Pego todas as roupas de lavar à mão que não tem manchas ou que precisam ficar de molho por estarem muito sujas, são exatamente  11 peças de roupa. Estou indo para a lavanderia e chuto o pote de água dos gatos no meio da cozinha. O que ele estava fazendo no caminho entre a cozinha e a área de serviço, se todas as coisas dos gatos ficam mais prá lá? Que raiva!

Chego na área de serviço e procuro um balde limpo para deixar os panos enquanto limpo a água e… Cadê os baldes? Atravesso até a sala com as roupas, tomando cuidado para não pisar no molhado, limpo a aguaçeira na cozinha (e imagina se o Byakko não estava feliz da vida com a lambança?), e volto para a área de serviço, sem os baldes na mão, para procurar os baldes. Depois de uns bons minutos, eu acho: O Chro tinha colocao os baldes limpos empilhados no lugar onde fica o lixo reciclável pronto para ir para a estação de coleta, dentro de uma caixa de papelão vazia que está lá prá colocar mais lixo reciclável.

Ok, isso me irritou. Em primeiro lugar pelos baldes terem sido colocados fora do lugar E fora do meu (já restrito) campo de visão. Em segundo lugar, porque, poxa! Os baldes de lavar roupa no lugar do lixo? Tá certo que o lixo que fica lá está sempre limpinho, mas ainda assim… E já imaginou se eles acabam jogados fora sem querer? Confesso que nessa hora pensei em deixar tudo prá lá, ir dormir, me enfiar num jogo de computador, sei lá!

Mas não desisti: Fui lavar a roupa. E enquanto lavava, tive uma idéia, que vai crescendo na minha mente, sobre o que podia fazer para o desafio de design do Pixel Scrapper: Um conjunto de WordArts. Assim, podia colocar wordarts em português, para variar um pouco.

Vou empolgada para o micro, leio tudo do desafio novamente, abro o photoshop, coloco a paleta de cores no lugar, procuro quais são as minhas fontes de comercial use para o tema em questão, verifico se elas são cores válidas. Acho uma bacana para o primeiro wordart. Abro um arquivo novo, apeto a ferramenta texto… e percebo que, se eu fizer wordarts, não vou estar fazendo os elementos “do zero” como pede o desafio. Ponho a mão na cabeça, por causa do momento #AiLozinha do dia, fecho tudo e decido ir lavar louça.

Enquanto lavava louça, a idéia de que esse poderia ser meu post do dia, que tinha tido mais cedo, cresce, junto com uma outra idéia. Então, quando terminei de lavar, vim aqui e escrevi esse post… E esqueci a outra idéia!

Então, é melhor parar esse post por aqui mesmo, embora eu pretendesse continuar narrando minhas desventuras. Mas, além desse post ter ficado longo e cheio de #mimimi, corro o risco de perder alguma outra idéia… uma que realmente funcionasse. Então até amanhã!

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Ale Dossena
    mar 04, 2013 @ 09:00:20

    Adorei ler Ló ! Tem dias que “aja paciência” mesmo…rs. Uma ótima semana!

    Responder

  2. Trackback: Idéias para blogar: De 28/02 a 28/03 | Um ano e um dia

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Selinho

%d blogueiros gostam disto: