Curiosidades e fatos sobre gatinhos

 

Messy in the box

Messy, com cerca de 20 dias de vida

 

-Gatinhos recém-nascidos não conseguem reter a temperatura corporal. É esse um dos motivos pelos quais a mãe gata fica a maior parte do tempo com os filhotes, e eles deitam encostados nela. Gatinhos que perdem a mãe no parto precisam ser aquecidos por bolsas de água quente constantemente. Na verdade, o gato não é o melhor bicho para auto-regular a temperatura;  É sempre bom garantir que seu gato tem lugares bem quentinhos para se aquecer no frio, e algum lugar fresquinho no calor. Também é por isso que é comum ver diversos gatos dormindo juntos no inverno, mas isso pouco ocorre no verão.

-O ronronar e o patear (“amassar pãozinho”) são, originalmente ligados à primeira preocupação de um gatinho: A amamentação. Eles “amassam” a mãe para que o leite saia, e ronronam para comunicar à mãe que o leite está saindo e eles conseguem se alimentar. Por isso, esses dois comportamentos muito fofos muitas vezes acontecem associados no gato mais velho, e se o gato ronrona é, em geral, sinal de que ele está muito feliz e sentindo prazer. Alguns gatos, no entanto, ronronam para se acalmar ou quando estão muito irritados, embora seja menos comum.

-O gatinho começa a desmamar com 4 semanas de vida, costuma estar plenamente hábil a comer comidas sólidas à partir das 6 semanas. Caso um gatinho não esteja totalmente desmamado, hoje em dia existem alimentos de transição que você pode oferecer, e também leite artificial em latinha. Não é bom dar leite de vaca para gato, eles não são completamente capazes de digerí-lo. Comidas úmidas para gatos adultos muitas vezes dão diarréia em filhotes, então é sempre melhor usar um  alimento específico.

-Se um gatinho for desmamado precocemente, pode ser que eleja um objeto (por exemplo, um paninho ou cobertor) no qual ele simulará o ato de mamar por um longo tempo, ou até para o resto da vida. Uma das minhas gatas, a Messy, que devia ter cerca de 20 dias quando foi recolhida da rua e abrigada por nós, elegeu um cobertor meu para mamar, e o faz quase todas as noites, com o detalhe de que ela só pega o cobertor para mamar se eu estiver deitada em baixo. Se ela quer mamar e eu não estou deitada, ela me pede para deitar com ela.

-O primeiro cio de uma gata ocorre entre os três e os sete meses. O gatinho macho começa a ter comportamentos sexuais por volta do sexto mês, ou antes, se tiver contato com fêmeas no cio. Não é necessário esperar o primeiro cio para castrar um gato, e, na verdade, castrar as gatinhas antes do primeiro cio reduz a incidência de câncer no futuro. Eu também recomendo muito sinceramente castrar o gatinho filhote antes do primeiro cio não só pela possibilidade de que ele fuja/que a gata fique prenha/etc, mas porque gatas no cio e gatos machos não castrados em idade reprodutiva podem fazer xixi fora da caixa de areia, principalmente em cantos, perto da porta e algumas vezes em sapato. E o xixi que eles fazem para demarcar território é muito mais fedido que o xixi comum feito na caixa, e leva um tempão para tirar totalmente o cheiro. Além disso, se o gato macho pegar o hábito de fazer xixi fora da caixa para demarcar território, ou fugir para namorar, ele pode não perder esse hábito depois de castrado.

-Mais um argumento à favor da castração de gatinhos: Se um casal de gatos pode gerar cerca de 15 gatinhos por ano. só que imagine que desses 15 6 sejam fêmeas. Cada uma delas vai gerar mais 15 gatos por ano, que vai gerar mais 15 e assim por diante. Assim, num período de três anos, um gato e seus descendentes geram cerca de 890 gatinhos! Encontrar pessoas para doar 4 ou 5 gatinhos já é uma dificuldade danada, principalmente se eles forem dos tipos mais comuns, imagina esse tanto de gato!

O mundo felino é muito fascinante. Mas, por hoje, esse post acaba por aqui. Um outro dia eu escrevo mais sobre o assunto.

Baby Byako

byakko,com cerca de 1 mês de vida

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Trackback: Idéias para blogar: De 28/02 a 28/03 | Um ano e um dia

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Selinho

%d blogueiros gostam disto: